quarta-feira, dezembro 31, 2008

Adeus Ano velho


Adeus mesmo,este ano tive muitas coisas novas em minha vida e conheci pessoas maravilhosas como a Néia, Iris, Regina, Eric,Susi e muitas outras pessoas que se for escrever ficaria durante horas. Essas pessoas conquistaram um lugar especial em meu coração e de verdade espero que permaneçam por muito tempo em minha vida e vice versa.
Conheci pessoas que eu não imaginava que pudessem existir,pessoas desequilibradas e que tentaram nos desequilibrar também mas graças à Deus não conseguiram,Deus nos fez ver que ele é quem manda e nos coloca onde acha melhor,até a família da qual fazemos parte é obra de Deus,meu pai está sempre cuidando de todos nós lá do alto ele não nos deixa cair e não permite que o inimigo toque em nossa alma, tenho andado em meio a espinhos mas tenho tido a ajuda de Deus pois ele me dá sua mão e tem me levantado quando é preciso, Deus tem me restaurado durante este ano e posso dizer sem medo que foi pela sua força que consegui chegar ao dia de hoje. Derramei muitas lágrimas e sempre acreditando que algum propósito Deus tinha em minha vida e sei que ele ainda tem, preciso continuar acreditando pois sem esta fé eu não sou nada.
Dei muitas risadas também em 2008 e digo que as pessoas que se fizeram presente em vida durante este ano foram anjos que Deus enviou para que pudessem me fazer ouvir e me fazer entender o quanto é bom não desejar o mal à ninguém, presenciei cenas que me deixaram de queixo caído e sempre pedindo a direção do pai,pois eu sentia que a maldade daquelas pessoas poderia me atingir ou que pudessem fazer algo de ruim para as pessoas inclusive à mim. Consegui chegar ao dia de hoje apenas com arranhões mas sem nada grave em minha alma, descobri que sou mais forte do que eu supunha e tive repito o apoio dos anjos que ficaram ali me curando as pequenas feridas que surgiram no decorrer do ano, foi de fato uma experiência que jamais esquecerei e sinto muito orgulho das pessoas que estiveram comigo pois se mostraram muito capazes e fortes, choramos e rimos juntas nos demos apoio quando foi necessário e para alegria e felicidade de todos podemos dizer que somos campeões, vencedores pois fomos jogadas na cova de leões e para a surpresa de todos saímos feridas sim, mas de cabeças erguidas e preparadas para o que der e vier pois somos amadas de Deus e digo isso porque só nos amando é que ele poderia ter nos dado discernimento e ter nos livrado dos laços. Ele nos mostrou que tem pessoas que adoçam as nossas bocas para em seguida nos oferecer um cálice muito amargo de fel, o qual não aceitamos porque tínhamos um Deus poderoso em quem cremos e temos entregado à ele a nossa vida e das pessoas que amamos e ele tem cuidado como pai zeloso que é.
Deus tem preparado para 2009 bênçãos que nos maravilharemos vamos rir e chorar pois não nos achamos dignas de tamanha honra, mas que toda a honra e glória seja sempre de nosso Deus, que durante o ano que está prestes a nascer traga saúde, paz,alegria,discernimento,sinceridade e muita luz para todos e que a maldade não tenha lugar nos corações das pessoas más.
Eu agradeço pela compreensão da minha família pela amizade sincera dos amigos que já tinha e dos que fiz durante o decorrer do ano,quero que saibam que da minha parte fui muito feliz desde o momento em que nos tornamos amigos,Quero fazer um agradecimento em especial à uma pessoa que mesmo não a conhecendo pessoalmente ela teve em determinado momento uma importância que talvez nem imagine, esta pessoa disse que mesmo que todos rissem de nós não deveriámos ligar pois Deus estaria vendo tudo, nos humilhariam e nós deveriámos nos calar, foi muito difícil e Deus sabe como foi que eu me segurei sempre pedindo que calasse minha boca e sempre lembrando o que essa pessoa havia dito e só tenho que lhe desejar meu amigo um 2009 cheio de bênçãos e que sempre possa seguir ajudando seus irmãos com as palavras certas e nas horas em que mais necessitarem como aconteceu comigo e que Deus envie sempre seus anjos para que com suas espadas desembainhadas estejam sempre sobre seu lar, cuidando e zelando de você e sua família.

sábado, dezembro 27, 2008

Meus Natais

Não sei o porque de na adolescência eu ter me fechado para o Natal, isso durou até os meus vinte e sete anos quando faltava uns cinco minutos para a meia noite eu dava um jeito de me isolar. Só aparecia quando todos já estavam se cumprimentando. Eu me sentia uma intrusa onde quer que estivesse,a última vez foi no Natal de 1995 peguei a minha filha no colo que estava com três meses e fui ao banheiro onde tranquei a porta e comecei a chorar,mas neste instante eu resolvi que deveria encarar isso de frente e decidi que à partir daquele momento eu iria ser muito feliz e iria dar boas risadas e tentaria fazer feliz quem estivesse ao meu lado. Hoje posso dizer que eu não precisei de terapia para mudar o rumo da minha vida,apenas acordei e percebi que a felicidade mora onde a deixam entrar e eu sou uma pessoa privilegiada por estar sempre muito feliz e tentar contagiar as pessoas com a minha alegria. Eu consegui retirar de dentro de mim toda a amargura e a infelicidade que eu fazia questão de contagiar as pessoas com essa coisa negativa, algumas vezes para me soltar eu bebia cervejas e só depois de umas seis ou sete é que eu me soltava, tenho vergonha do que fui capaz de fazer para me livrar da timidez. Estou com quarenta anos e me orgulho de ser hoje quem sou, meus Natais são muito bons e aprendi a aceitar as pessoas para que assim eu possa viver em um mundo melhor. Adoro sair e comprar presentes eu não ligo se por acaso eu não ganhar pois sinto presenteada ao dar presentes. Eu tenho dois filhos e foi por causa deles que tive que mudar e claro por minha própria vontade também , pois ser feliz ou estar em estado de felicidade nos deixa mais jovens e nos prepara para situações dificéis do dia-a dia. Quando eu for avó eu vou preparar a cada ano uma linda árvore de Natal para meus netos e vou contar-lhes a importância de sermos felizes e o significado do natal.

sábado, dezembro 20, 2008

RIACHO DE ÁGUAS CRISTALINAS

Era uma vez um riacho de águas cristalinas, muito bonito, que serpenteava entre as montanhas. Em certo ponto de seu percurso, notou que à sua frente havia um pântano mundo,por onde deveria passar.Olhou então para Deus e protestou:"Senhor, que castigo!Eu sou um riacho tão límpido, tão formoso, e vocême obriga a atravessar um pântano sujo como esse!Como faço agora?"Deus respondeu:"Isso depende da sua maneira de encarar o pântano.Se ficar com medo, você vai diminuir o rítmo de seu curso,dará voltas e, inevitavelmente,acabará misturando suas águas com as do pântano, o que o tornará igual a ele.
Mas, se você o enfrentar com velocidade,com força, com decisão, suas águas se espalharão sobre ele, a umidade as transformará em gotas que formarão nuvens, e o vento levará essas nuvens em direção ao oceano.Aí você se transformará em mar".Assim, é a vida.As pessoas engatinham nas mudanças.Quando ficam assustadas, paralisadas, pesadas,tornam-se tensas e perdem a fluidez e a força.É preciso entrar pra valer nos projetos da vida,até que o rio se transforme em mar.Se uma pessoa passar a vida toda evitando sofrimento,também acabara evitando o prazer que a vida oferece.Há milhares de tesouros guardadosem lugares onde precisamos ir para descobrí-los.Há tesouros guardados numa praia deserta,numa noite estrelada, numa viagem inesperada,num salto de asa-delta...O importante é ir ao encontro delas,ainda que isso exija uma boa dose de coragem e desprendimento.Não procure o sofrimento.Mas, se ele fizer parte da conquista,enfrente-o.Arrisque, ouse, avance na vida .Ela é uma aventura gratificante para quem tem coragem de arriscar.

terça-feira, dezembro 02, 2008

O BARULHO DA CARROÇA


Certa manhã, meu pai, muito sábio, convidou-me a dar um passeio no bosque.
Ele se deteve numa clareira e depois de um pequeno silêncio me perguntou:- Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa?
Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:- Estou ouvindo um barulho de carroça.
- Isso mesmo, disse meu pai, é uma carroça vazia…Perguntei ao meu pai:- Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos?
- Ora, respondeu meu pai, é muito fácil saber que uma carroça estávazia por causa do barulho.
Quanto mais vazia a carroça maior é obarulho que faz!
Tornei-me adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa falando demais,gritando (no sentido de intimidar), tratando o próximo com grossurainoportuna, prepotência, interrompendo a conversa de todo mundo equerendo demonstrar que é a dona da razão e da verdade absoluta, tenhoa impressão de ouvir o meu pai dizendo:
-… Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz!

domingo, novembro 30, 2008

AS QUATRO ESTAÇÕES


Um homem tinha quatro filhos. Ele queria que seus filhos aprendessem a não julgar as coisas de modo apressado, por isso, ele mandou cada um em uma viagem, para observar uma Pereira que estava plantada em um distante local. O primeiro filho foi lá no Inverno; o segundo, na Primavera; o terceiro, no Verão e o quarto e mais jovem, no Outono.Tendo todos retornado da viagem, o pai os reuniu e pediu que cada um descrevesse o que tinha visto. O primeiro filho disse que a árvore era feia, torta e retorcida.O segundo filho disse que não, que ela era recoberta de botões verdes e cheia de promessas.O terceiro filho discordou; disse que ela estava coberta de flores, que estas tinham um cheiro tão doce e eram tão bonitas, que ele arriscaria dizer que eram a coisa mais graciosa que ele já tinha visto. O último filho discordou de todos eles; disse que a árvore estava carregada e arqueada, cheia de frutas, vida e promessas...Diante disso, o homem explicou a seus filhos que todos estavam certos, porque cada um tinha visto apenas uma estação da vida da árvore... O pai ensinou, então, que não se pode julgar uma árvore, ou ninguém, por apenas uma estação, e que a essência de cada pessoa, e o prazer e a alegria e o amor que estão na vida podem apenas ser medidos ao final, quando todas as estações passaram. Se você desistir por causa do frio do Inverno, você perderá a beleza da Primavera, o calor do Verão e a abundância do Outono. Cada estação com sua peculiaridade, tem em si sua beleza, seu calor, sua abundância e suas dificuldades.Moral da História: Não permita que a dor de uma estação destrua a alegria de todas as outras. Não julgue a vida, ou uma pessoa, apenas por uma estação difícil.

sábado, novembro 29, 2008

A Vida sem Amor...

O dia mais belo? Hoje A coisa mais fácil? Errar O maior obstáculo? O medoO maior erro? O Abandono A raiz de todos os males? O egoísmo A distração mais bela? O trabalho A pior derrota ? O desânimo Os melhores professores? As crianças A primeira necessidade? Comunicar-se O que mais lhe faz feliz? Ser útil aos outros O maior mistério? A morte A pessoa mais perigosa? A mentirosa O pior sentimento? O rancor O presente mais belo? O perdão O mais imprescindível? O lar A rota mais rápida? O caminho certo A sensação mais agradável? A paz interior A proteção efetiva? O sorriso O melhor remédio? O otimismo A força mais potente do mundo? A Fé As pessoas mais necessárias? Os pais A mais bela de todas as coisas? O amor A inteligência sem amor, te faz perverso. A justiça sem amor, te faz implacável. A diplomacia sem amor, te faz hipócrita. O êxito sem amor, te faz arrogante. A riqueza sem amor, te faz avaro. A docilidade sem amor te faz servil. A pobreza sem amor, te faz orgulhoso. A beleza sem amor, te faz ridículo. A autoridade sem amor, te faz tirano. O trabalho sem amor, te faz escravo. A simplicidade sem amor, te deprecia. A oração sem amor, te faz introvertido. A lei sem amor, te escraviza. A política sem amor, te deixa egoísta. A fé sem amor te deixa fanático. A cruz sem amor se converte em tortura. A vida sem amor... não tem sentido...

quinta-feira, novembro 27, 2008

Carta da Mãe

Quando eu derramar comida sobre a minha camisa e esquecer como amarrar os meus sapatos, tem paciência comigo, lembra-te das horas que eu passei te ensinando a fazer as mesmas coisas.Se quando conversares comigo eu repetir as mesmas histórias que tu já sabes de cor como terminam, não me interrompas, escuta-me. Quando eras pequeno, para que tu dormisses tive que te contar várias vezes a mesma história, até que fechasses os olhinhos. Quando eu tiver sem movimento e sem querer fizer minhas necessidades, não fiques com vergonha, compreende que não tenho culpa disso, pois já não as posso controlar, pensa quantas vezes pacientemente eu troquei tuas roupas, tuas fraldas para que estivesses sempre limpinho e cheiroso.Não me reproves se eu não quiser tomar banho, seja paciente comigo. Lembra-te dos momentos em que eu te persegui com mil pretextos que inventava pra te convencer a tomar banho.Se em algum momento quando conversarmos eu me esquecer do que estávamos falando, tem paciência e me ajude a lembrar. Talvez a única coisa importante pra mim naquele momento seja o fato de te ver perto de mim me dando atenção e não ao que falávamos. Se alguma vez eu não quiser comer saiba insistir com carinho, assim como eu fiz contigo. Também compreende que com o tempo não terei dentes fortes e nem agilidade para engolir. E quando minhas pernas falharem por estarem tão cansadas e eu nem já não consegui mais me equilibrar, com ternura, dá-me tua mão para me apoiar, como eu fiz quando tu começaste a caminhar com as tuas perninhas tão frágeis.Não te sintas triste ou impotente por me vir assim. Não me olhes com cara de dó, dá-me apenas o teu coração, compreende que me apóio com o risco que começaste a viver, isso te dará forças e muita coragem, da mesma maneira que te acompanhei no início da tua jornada. Peço-te que me acompanhes para terminar tudo. Trata-me com amor e paciência, eu te devolverei sorrisos e gratidão com imenso amor que sempre tive por ti.Ass.: Tua mãe.

PAPAI...O quanto me amas?

No dia que nasceu nossa filha, meu marido, não sentiu grande alegria. Por que a decepção que sentia, parecia ser maior do que o grande conhecimento em ter uma filha. Ah !!! Eu queria um filho homem !!! Lamentava !!! Em poucos meses ele se deixou cativar pelo sorriso de nossa linda filha e pela infinita inocência de seu olhar fixo e penetrante, foi então que ele começou a amá-la com loucura. Seu rostinho, seu sorriso não se apartavam mais dele. Ele fazia planos sobre planos, tudo seria para nossa filhinha ! Numa tarde estávamos reunidos em família, quando nossa filha perguntou a seu pai: -Papi,... Quando eu completar quinze anos, qual será meu presente? Ele lhe respondeu: -Meu amor, você tem apenas sete aninhos, não lhe parece que falta muito tempo para essa data? Ela lhe respondeu: -Bem papi,... tu sempre dizes que o tempo passa voando, ainda que eu nunca o haja visto por aqui. Ela já tinha quatorze anos e ocupava toda a alegria da casa, especialmente o coração de seu papi. Num Domingo passeando, ela tropeçou, e seu pai de imediato agarrou-a para que não caísse... Sentados, vimos como ela foi caindo lentamente e quase perdeu a consciência. Seu pai levantou-a e a levou imediatamente para o hospital. Alí permaneceu por dez dias e foi então que nos informaram que ela padecia de uma grave enfermidade que afetava seriamente seu coração. Os dias foram passando, seu pai renunciou a seu trabalho para dedicar-se a ela. Todavia, sua mãe, decidiu trabalhar, pois não suportava vê-la sofrendo tanto. Numa manhã, ainda na cama,nossa filha perguntou a seu papi: -Papi ? Os médicos te disseram que eu vou morrer ? Respondeu seu pai: -Não meu amor... não vais morrer, Deus que é tão grande, que não permitiria que eu perca o que mais tenho amado neste mundo. -Quando a gente morre vai para algum lugar? Podem ver lá de cima sua família? Sabes se um dia podem voltar?
-Bem filha,... na verdade ninguém regressou de lá e contou algo sobre isso, porém se eu morrer, não te deixarei só, onde eu estiver buscarei uma maneira de me comunicar contigo, e em última instância utilizaria o vento para te ver. -O vento? E como você faria? -Não tenho a menor idéia filhinha, só sei que se algum dia eu morrer, sentirás que estou contigo, quando um suave vento roçar teu rosto e uma brisa fresca beijar tua face. Nesse mesmo dia à tarde, fomos informado pelos médicos que nossa filhinha necessitava de um transplante de coração, pois do contrário ela só teria mais vinte dias de vida. UM CORAÇÃO! ONDE CONSEGUIR UM CORAÇÃO? UM CORAÇÃO! ONDE, DEUS MEU? Nesse mesmo mês, ela completaria seus quinze anos. E foi numa sexta-feira á tarde quando conseguiram um doador. Foi operada e tudo saiu bem. Ela permaneceu no hospital por quinze dias e em nenhuma vez seu pai foi visitá-la. Todavia, os médicos lhe deram alta e ela foi para sua casa. Ao chegar em casa com ansiedade ela gritou: -Papi! Papi!... Onde tu estás?

Sua mãe saiu do quarto com os olhos molhados de lágrimas e disse-lhe: - Aqui está uma carta que seu papi deixou para você. "Filhinha do meu coração: No momento em que ler minha carta, já deverás ter quinze anos e um coração forte batendo em teu peito, essa foi a promessa que me fizeram os médicos que te operaram. Não podes imaginar nem remotamente quanto lamento não estar a teu lado. Quando soube que morrerias, decidi dar-te a resposta da pergunta que me fizeste quando tinhas sete aninhos e a qual não pude responder. Decidi dar-te o presente mais bonito que ninguém jamais faria por minha filha. Te dou de presente minha vida inteira sem nenhuma condição, para que faças com ela o que queiras. Viva filha!! Te amo com todo meu coração!! Foi quando ela chorou por todo o dia e toda a noite. No dia seguinte foi ao cemitério e sentou-se sobre o túmulo de seu papi; chorou tanto como ninguém poderia chorar. e sussurrou: -"Papi,... agora posso compreender quanto me amavas. eu também te amava e ainda que nunca tenha dito, agora compreendo a importância de dizer: "Te Amo" e te pediria perdão por haver guardado silêncio tantas vezes ". Nesse instante as copas das árvores balançavam suavemente, caíram algumas folhas e florzinhas, e uma suave brisa roçou a face de nossa filhinha, que olhou para o céu, tentou enxugar as lágrimas de seu rosto, se levantou e voltou para casa. Nunca deixes de dizer: “Te amo”... aos seus e aos seus filhos, pois...Jamais saberás se esta será a última vez!

Diga Te aMo

Sua mãe saiu do quarto com os olhos molhados de lágrimas e disse-lhe: - Aqui está uma carta que seu papi deixou para você. "Filhinha do meu coração: No momento em que ler minha carta, já deverás ter quinze anos e um coração forte batendo em teu peito, essa foi a promessa que me fizeram os médicos que te operaram. Não podes imaginar nem remotamente quanto lamento não estar a teu lado. Quando soube que morrerias, decidi dar-te a resposta da pergunta que me fizeste quando tinhas sete aninhos e a qual não pude responder. Decidi dar-te o presente mais bonito que ninguém jamais faria por minha filha. Te dou de presente minha vida inteira sem nenhuma condição, para que faças com ela o que queiras. Viva filha!! Te amo com todo meu coração!! Foi quando ela chorou por todo o dia e toda a noite. No dia seguinte foi ao cemitério e sentou-se sobre o túmulo de seu papi; chorou tanto como ninguém poderia chorar. e sussurrou: -"Papi,... agora posso compreender quanto me amavas. eu também te amava e ainda que nunca tenha dito, agora compreendo a importância de dizer: "Te Amo" e te pediria perdão por haver guardado silêncio tantas vezes ". Nesse instante as copas das árvores balançavam suavemente, caíram algumas folhas e florzinhas, e uma suave brisa roçou a face de nossa filhinha, que olhou para o céu, tentou enxugar as lágrimas de seu rosto, se levantou e voltou para casa. Nunca deixes de dizer: “Te amo”... aos seus e aos seus filhos, pois...Jamais saberás se esta será a última vez!

sexta-feira, outubro 24, 2008

Olhe em meus olhos

Ao deparar-me na frente do espelho eu percebo que estou muito triste, assim diz o meu olhar e não convenço nem a mim mesma de que seja o contrário.
As vezes busco bem lá dentro de mim um pouco de alegria e sorrio apenas com os lábios enquanto choro demais por dentro, sei que todos passam por momentos difíceis más comigo acho que está demorando um pouquinho mais. Dias melhores sei viram e tudo será apenas passado que vou carregar em meu coração por um tempo, as pessoas que achavam que eu tenho sangue de barata viram que não é bem assim eu me alterei e não mais o farei Deus está sempre comigo e não me deixará cair em tentação ele vai fazer com que a minha boca não se abra e assim eu não seja humilhada perante as pessoas que se alegram muito com isso, eu saberei me calar e lutar em silêncio pelo que acho certo e as pessoas que desejam me derrubar elas é quem iram cair.
"Pode se esconder algo por muito tempo mas nunca o tempo todo."
Nunca tive a intenção de ser melhor e nem pior que ninguém apenas desejo ser respeitada como pessoa e não deixar que cuidem da minha vida, pois ela é minha eu sei o que deve ou não ser bom para mim.
Ser um funcionário antigo não lhe dá direitos de se meter na vida dos novos, eu odeio o que está acontecendo e já deixei bem claro que não gosto que cuidem de minha vida. Só espero que tenham entendido o meu recado, pois mais clara do que fui é impossível.

sábado, agosto 02, 2008

Maldade

Conheci uma pessoa muito malvada, ela faz com que as pessoas se sintam nervosas diante dela. Tudo o que fazem é motivo de criticas por parte dela,acho que esta pessoa não conhece o direito à cidadania que todos temos e vamos sempre que possível colocá-lo em prática.

Sinto-me presa a uma jaula imaginária ou seja como que presa em meus sentimentos aos quais não tenho como expressar-me, sou prisioneira em mim mesma até em meus pensamentos ela quer ter acesso, isso eu não vou deixar que aconteça.

Ouço-a pronunciar palavras que uma pessoa de berço jamais diria e em seu local de trabalho muito menos. Não precisa ter uma faculdade para ser educado, educação se aprende em casa quando ainda se é criança, vai colocando-a em prática ao longo da vida.

Ela consegue o que quer através de força, sufoca , enfia a gente em um lugar que eu particularmente nunca havia estado até conhecê-la, è um lugar de tortura psicológica onde só ela é a torturadora.

Sinto que falta Deus em sua vida, deveria ter mais respeito por seus funcionários e assim também seria respeitada pelos mesmos, não apenas superficialmente mas seria obedecida com orgulho por ser ou tentar ser uma pessoa justa. O respeito que mostramos por ela é totalmente falso e ela sabe disso, por isso grita e dá show o tempo todo, chego a pensar em dizer-lhe que ajuda externa lhe faria muito bem, pelo menos uns dez anos de terapia acho que amenizaria seus problemas e daria um pouco de sossego para quem faz ou tem que fazer parte de sua vida profissíonal.

Louca de pedra? Será?

Prefiro acreditar que a solidão é quem a deixou neste estado de histeria permanente, desejo que ela possa ser um dia quem sabe muito feliz e possa deixar que as pessoas que ainda são e estão normais permaneçam assim por muito tempo, ela nos faz muito mal somos pessoas a beira de um ataque de nervos por conta desta pessoa que sente-se dona de todos os seus funcionários.

Chego em minha casa entristecida rezo o tempo todo e estou chegando a conclusão de que Deus está fechando seus ouvidos ao meu clamor, meu destino eu nem faço idéia de como será, amanhã terei estômago para suportar toda a pressão de novo?

Fica aqui a minha tristeza e toda a minha indignação, não sei se estarei viva para escrever novamente em meu blog, sinto que perco-me em doses de conta-gotas escoo não sei por onde só sei que sigo um caminho que eu mesma escolhi, posso dar um basta a qualquer momento...

segunda-feira, maio 05, 2008

O DIA DE AMANHÃ SERÁ MUITO IMPORTANTE PARA MIM


Amanhã será um dia especial, esperei por ele durante muito tempo e demorou é bem verdade, mas enfim chegou a minha hora.

E ainda não é o que espero pois Deus tem grades coisas para realizar em minha vida, basta que eu tenha um pouco mais de paciência, tudo ocorre no tempo de Deus e não no nosso.

Não posso dizer que meu coração está batendo como louco, até porque eu estaria mentindo... Depois de alguns anos adquiri esperiência e as coisas já não me chegam com tanto impacto como quando eu tinha meus vinte anos por exemplo, onde tudo me fazia sentir o coração bater na garganta e juntamente com muita ansiedade. Hoje sei esperar que tudo me venha como espero, não tenho mais aquela ansiedade de jovem, que nem conseguia dormir quando tinha uma prova no dia seguinte.

Passei por tantas coisas que aprendi a não sonhar tão alto, ou melhor ainda sonho alto só que já não faço alarde quanto aos meus desejos e sonhos, quando era jovem eu falava tudo com as pessoas antes mesmo de tentar algo que fosse bom para mim, falava demais e na maioria das vezes nada dava certo, depois dos vinte anos aprendi que devo sonhar e buscar a realização dos

meus sonhos só eu espero e só eu sinto a sensação de vitória quando me vem a realização da conquista, mesmo assim eu não compartilho com todos apenas com as pessoas que me são mais próximas e que sei que torcem sempre pelo meu sucesso.

Agradeço à todas as pessoas que me deram o maior apoio, pois sem ele eu não seria ninguém e não estaria sentindo a felicidade que estou dividindo com vocês.

Amo tudo que faço e continuarei o meu caminho sempre dedicando-me cada vez mais e agradecendo à Deus por tudo o que ele tem realizado em minha vida. OBRIGADA MEU DEUS!!!!

sábado, abril 26, 2008

Terminei de ler o livro

Hoje cheguei ao final do livro "A menina que roubava livros" e me emocionei muito
como sempre rsrsr, o final é muito triste e a minha vontade se pudesse eu teria mudado o final, cheguei a sentir um certo desprezo pelo autor...
Sei que não é sempre que os finais serão totalmente felizes, más foi de qualquer forma um exelente livro.

sexta-feira, abril 25, 2008

Os sonhos acabaram...


Desde os meus dezoito anos eu comecei a sonhar com coisas que ainda não haviam acontecido, começou de repente...

Agora eu já tenho quarenta anos e olha que já tive muitos sonhos, alguns eu escrevi enquanto que outros guardei na mente.

Um ano antes de minha avó materna partir eu sonhei com a cena, e comentei com minhas irmãs a única diferença é que no sonho eu não sabia que era a minha avó, más a cena se passou exatamente como eu havia sonhado, no sonho minha irmã estava vindo me dar a notícia junto com seu namorado e se perdiam por duas vezes e não conseguiam chegar até aqui e resolveram voltar, e outra irmã minha veio junto com o marido da outra irmã e quando abri a porta de casa eu a olhei e ficamos paradas por mais ou menos cinco segundos e perguntei-lhe :

-Maga é a ? Ela balançou a cabeça que sim...

Ao sonhar eu não imaginei que fosse acontecer de fato o que eu havia sonhado, e foi deste jeito que aconteceu a minha irmã Vanda veio com o Gilson [hoje meu cunhado] para dar a notícia pessoalmente e estava tão nervosa que não conseguiu chegar, tentou mais uma vez e pegou ônibus errado ela veio de tarde ,ou melhor tentou sem sucesso e resolveram voltar para a casa de minha mãe.

Então a Margarida pediu ao Toninho o marido da Vani para que a acompanhasse ao chegarem eu não ouvi a campainha tocar e a minha cunhada que mora na casa da frente abriu o portão para eles quando abri a porta por ter ouvido alguém chamar meu nome fiquei parada olhando para eles e fiz a pergunta é a ?

A Maga fez que sim com a cabeça, meu mundo se tornou um buraco imenso...

Só me lembrei do meu sonho na semana seguinte foi muito sofrido para todos nós más sobrevivemos.

Outros sonhos premonitórios me fizeram sentir mal, pois sonhei na quarta -feira e contei para meu marido ao acordar, contei-lhe o sonho fresquinho recém sonhado às 5hs da manhã, ele não deu importância então eu também não liguei, más no sábado seguinte o sonho foi realizado infelizmente , eu me senti muito culpada más o que eu poderia fazer?

Poderia ter feito uma conexão com Deus e pedir para que aquilo não acontecesse fui chamada de meio bruxa e me senti perdida, após este sonho vieram muitos outros e eu sempre contei para meu marido, ele começou a acreditar em mim, quando sonho e vou lhe contar ele fica meio assustado, más não é sempre que acontece.

Tenho sonhos bons também e que se realizam e eu fico muito feliz...

Já faz alguns meses que eu não sonho e não sei se acho bom ou ruim, é estranho perder os sonhos de repente , más talvez seja melhor assim.

terça-feira, abril 15, 2008

Tente Outra Vez



Raul Seixas
Composição: Raul Seixas/ Paulo Coelho/ Marcelo Motta

Veja!
Não diga que a canção
Está perdida
Tenha em fé em Deus
Tenha fé na vida
Tente outra vez!...

Beba! (Beba!)
Pois a água viva
Ainda tá na fonte
(Tente outra vez!)
Você tem dois pés
Para cruzar a ponte
Nada acabou!
Não! Não! Não!...

Oh! Oh! Oh! Oh!
Tente!
Levante sua mão sedenta
E recomece a andar
Não pense
Que a cabeça agüenta
Se você parar
Não! Não! Não!
Não! Não! Não!...

Há uma voz que canta
Uma voz que dança
Uma voz que gira
(Gira!)
Bailando no ar
Uh! Uh! Uh!...

Queira! (Queira!)
Basta ser sincero
E desejar profundo
Você será capaz
De sacudir o mundo
Vai!
Tente outra vez!
Humrum!...

Tente! (Tente!)
E não diga
Que a vitória está perdida
Se é de batalhas
Que se vive a vida
Han!
Tente outra vez!...

sábado, abril 12, 2008

Lágrimas ocultas



Lágrimas ocultas Se me ponho a cismar em outras eras

Em que ri e cantei, em que era q'rida,

Parece-me que foi noutras esferas,

Parece-me que foi numa outra vida...E a minha triste boca dolorida

Que dantes tinha o rir das Primaveras,

Esbate as linhas graves e severas

E cai num abandono de esquecida!

E fico, pensativa, olhando o vago...

Toma a brandura plácida dum lago

O meu rosto de monja de marfim...

E as lágrimas que choro, branca e calma,

Ninguém as vê brotar dentro da alma!

Ninguém as vê cair dentro de mim!

COLAR DE PÉROLAS



Fenando Pessoa *1888 - U1935





Eu tenho um colar de pérolas Enfiado para te dar: As pérolas são os meus beijos, O fio é o meu pesar.


A Terra é sem vida, e nada Vive mais que o coração...E envolve-te a terra fria E a minha saudade não!

Se ontem à tua porta Mais triste o vento passou Olha: levava um suspiro...Bem sabes quem to mandou...

Entreguei-te o coração, E que tatos tu lhe deste! É talvez por estar estragado Que ainda não mo devolveste...

A caixa que não tem tampa Fica sempre destampada Dá-me um sorriso dos teus Porque não quero mais nada.

Duas hora te esperei Dois anos te esperaria. Dize: devo esperar mais? Ou não vens porque inda é dia?

Dias são dias, e noites São noites e não dormi...Os dias a não te ver As noites pensando em ti.

Teus brincos dançam se voltas A cabeça a perguntar. São como andorinhas soltas Que inda não sabem voar.

Ó minha menina loura, Ó minha loura menina, Dize a quem te vê agora Que já foste pequenina...

Levas uma rosa ao peito E tens um andar que é teu...Antes tivesses o jeito De amar alguém, que sou eu.

Rosa verde, rosa verde...Rosa verde é coisa que há? É uma coisa que se perde Quando a gente não está lá.

Tenho vontade de ver-te Mas não sei como acertar. Passeias onde não ando, Andas sem eu te encontrar.

O burburinho da água No regato que se espalha É como ilusão que é mágoa Quando a verdade a baralha.

Boca com olhos por cima Ambos a estar a sorrir... Já sei onde está a rima Do que não ouso pedir.

Não digas mal de ninguém, Que é de ti que dizes mal.Quando dizes mal de alguém Tudo no mundo é igual.

Todas as coisas que dizes Afinal não são verdade. Mas, se nos fazem felizes, Isso é a felicidade.

Todos os dias que passam Sem passares por aqui São dias que me desgraçam Por me privarem de ti.

Não sei que grande tristeza Me fez só gostar de ti Quando já tinha a certeza De te amar porque te vi.

Se há uma nuvem que passa Passa uma sombra também .Ninguém diz que é desgraça Não ter o que se não tem.

Tens olhos de quem não quer Procurar quem eu não sei.Se um dia o amor vier Olharás como eu olhei.

Ó loura de olhos tristes Que me não quis escutar...Quero só saber se existes Para ver se te hei de amar.

Tenho um livrinho onde escrevo Quando me esqueço de ti.É um livro de capa negra Onde 'inda nada escrevi.

Meu coração a bater Parece estar-me a lembrar Que, se um dia te esquecer, Será por ele parar.

Tenho um desejos comigo Que hoje te venho dizer: Queria ser teu amigo Com amizade a valer.

Dá-me um sorriso daqueles Que te não servem de nada Como se dá às crianças Uma caixa esvaziada.

sábado, abril 05, 2008

A história de Sofia

Sofia era uma moça muito magra e de cabelos meio cacheados e quase pretos, ela é cunhada da minha irmã nos conhecemos desde menina e me lembro quando fui visitar seu bebê recém-nascido e disse à ela para que tivesse juízo já que era mãe solteira. O mais absurdo disso é queeu também estava grávida e também era solteira.
Os anos se passaram eu casei logo depois que meu filho nasceu e Sofia não, ela se enveredou no mundo das drogas e mesmo assim conheceu anos depois um rapaz com o qual teve quatro filhos, tinha uma boa moradia e mesmo assim ela não conseguiu ficar naquele lar,seu lar.
Voltou ao mundo que conhecia muito bem, tinha tanta alegria dentro de sí, o tempo passou sua primeira filha agora tem 20 anos, na ultima segunda-feira recebi um telefonema de minha irmã dizendo que Sofia havia falecido, foi morta por traficantes com oito tiros nas costas... quanta maldade ...
Segundo fiquei sabendo no domingo ela cantou hinos o dia todo, estavalimpando a casa e feliz cantando hinos, sua prima ainda lhe disse que já que estava inspirada deveria ir à igreja, ela disse que o inimigo não deixava {referindo-se ao diabo]
Seu delório teve a presença de todos os parentes, amigos e seus irmãos pois foi muito sofrido ela era muito queridapor todos e como já disse Sofia era sempre alegre, é umapena ter acabado desta maneira más ela não conseguiu sair do mundo das drogas talvéz nem tenha tentado. Agora sua família fica com a dor e o sofrimento da perda, espero que isto possa servir de alerta para tantos jovens que se acham muito espertos e que podem parar quando quiserem , pode até parar más tem que mudar de cidade ou município porque "os caras" não perdoam e se estiver consumindo e não tem como pagar eles matam, más não matam apenas porque não pagou , matam para servir de aviso aos outros usuários.
Sofia se foi e vai deixar saudades , de todo o pessoal daquela época alguns se deram bem, outros foram para a cadeia e muitos morreram ainda muito jovens.
Eu tive chance de entrar neste mundo, más Deus é maravilhoso pois de tudo o que passei em vida e olha que tenho história hem, nunca tive vontade de experimentar nada e tinha amigos que ofereciam más nunca aceitei, eu os via com cara de bobos não falavam coisa com coisa eu não desejava aquilo para mim , ainda bem porque hoje eu posso dizer que eu sou uma das pessoas daquela época que se deu bem , tenho meu lar e amo minha família casei-me com uma pessoa boa e que está sempre do meu lado em todas as situações, o que mais eu posso querer?
Posso querer ver um mundo sem drogas e não presenciar o sofrimento de pessoas com as quais vivi em minha infância. Algumas se tornaram evangélicas outras eu perdi o contato e outras moram exatamente no mesmo lugar em que nasceram tem filhos e netos e quando visito minha mãe eu as vejo e fico muitofeliz por terem feito parte um dia da minha vida.
Que Sofia não seja exemplo para seus filhos e parentes, apesar de ser uma boa pessoa ela foi fraca e no mundo deve haver mais pessoas fortes para que nele cresça uma pontinha de esperança para os jovens que deveram vir daquí à uns dez anos.
Deus tenha piedade do mundo, acredito que tudo poderá ser melhor um dia.

sexta-feira, abril 04, 2008

Hoje é um dia muito especial...

Hoje você está completando mais um ano de vida, o meu desejo é de que as bençãos do céu sejam derramadas em sua vida.
Temos eu e você uma história triste e muito emocionante desde pequenas fomos cumplíces em muitas coisas lembra?
Passamos por tantos momentos de aflições e uma ao lado da outra e o mais importante é saber que tudo passou, Valdete seus sonhos serão todos realizados tenho certeza de que na medida do possível, Deus conhece o seu coração e sabe o quanto você é merecedora das bençãos do pai...
Sua vida tem sido de dedicação e tem se esquecido de viver a própria vida, más eu lhe desejo muita saúde, paz , amor, realizações mil,harmonia interior e muito dinheiro para que possa realizar seus projetos...
Tenha um dia muito lindo e que em sua vida você possa estar sempre jogando pétalas e caminhando sobre elas, porque quem joga espinhos durante a vida terá que pisar nos mesmos durante o caminho de volta...
Beijos de quem te ama MUITO
Carinhosamente
Simone Almeida

terça-feira, abril 01, 2008

Ando sem ter para onde ir

Ando pela vida afora e nunca chego ao meu destino se é que pode-se ter um destino prévio, soube quando cada momento da minha vida seria melhor ou pior, sempre usei muito a minha intuição feminina. Vejo com antecedência o que poderá dar ou não certo, apenas seguindo as dicas do universo estarei sempre dando muita importância para isso, talvez seja bobagem e daí?

estou cansada de seguir um por um caminho que me leva a lugar algum e tenho sede , minha sede é de saber de aprender sede de buscar e encontrar no fim da estrada um motivo para que me impulsione para frente sempre, deverei cair e minhas forças eu perderei por quanto tempo eu realmente não sei.

As vezes me pego a reviver trechos do passado, percebo que a minha intenção é de mudá-lo e claro fazer concertos e colocar cada coisa em seu lugar, me pego à divagar por entre muros do passado aos quais me foi negado acesso, pois tudo ficou guardado no baú do tempo e foi colocado no sótão das lembranças onde só se revira em momentos de extrema procura, vou caminhando sozinha não encontro mais a menina que bonita em sua ingenuidade quase que absurda partiu, com certeza vou encontrá-la no meu presente e já não a menina tímida que nem olhava direto os olhos de ninguém por simplesmente não saber onde pousá-los.

Quero encontrar pessoas que fizeram parte da minha infância, más quero apenas para sentir com intensidade o valor que cada uma delas tem ou teve em minha vida, quero poder agradecer por terem participado da minha história, levantar minhas mãos para o alto e bendizer ao meu Deus por tudo que me proporcionou e pelas amizades sinceras que tive e pelas pessoas com as quais não pude contar, hoje eu sei que tudo tinha um porquê e eu não sabia...

Fecho meus olhos e me deparo com um campo verde e o ar fresco me deixa muito feliz , sou parte dessa natureza e quero ficar aquí por bastante tempo ou até que comece a anoitecer , descobri que para mim tudo é muito lindo quando ainda há luz, se já não tem claridade tudo torna-se muito assombroso e nunca entendi o por que disso acontecer comigo, será que é só comigo? De qualquer maneira quero estar ali pisando na grama descalça e sentir a liberdade que é minha ,deito -me na grama e fico olhando o céu e invejando os habitantes daquele tapete azul lindo e muito bem conservado, deparo-me com as formas que as nuvens criam seus desenhos como que a brincar comigo. Passo alí por horas e nem percebo quanto tempo estou parada a contemplar aquela maravilha , fico imaginando anjos voando por entre elas e brincando uns com os outros e de vez em quando dão uma piscadela para mim, sinto um que de cumplicidade entre nós e sinto que se me esforçar posso subir e juntar -me aqueles anjos lindos quer não sei dizer se são anjos ou anjas só sei que a beleza deles é indescritível, fecho meus olhos e me imagino nas nuvens e sinto que sou pega por uma mão muito macia e aquele contato me trás muita paz e desejo conhecer quem me segura pela mão, abro meus olhos e não consigo ver pois ele tem uma luz maravilhosa , nunca senti tanta paz e tanto amor junto eu me senti presenteada por aqueles anjos os quais se comunicavam comigo e entre si apenas pelo pensamento,descobri naquele momento que todos os nossos pensamentos chegam à Deus, me senti envergonhada quando lembrei-me dos pensamentos ruins que durante alguns momentos da vida foram parte de mim.

Cantamos , nos divertimos como crianças e me senti com dez ou doze anos e não me importei com isso , eu estava vivendo um momento único e a minha mente estava zerada ,meu coração era novo eu era uma nova pessoa à partir daquele momento... Eles me abraçaram e carinhosamente passaram as mãos em meu rosto , senti rolar lágrimas não de tristeza eram de felicidade e meu coração parecia que iria explodir de tanta emoção, aproximou-se de mim aquele que parecia liderar os outros e olhando bem dentro de meus olhos falou-me telepaticamente com a voz mais suave e meiga que já ouvi em minha vida. Disse-me:

-Nunca deixe de sorrir pois seu sorriso trás muitas coisas boas até nós, pense sempre positivamente e conquistarás tudo com que tens sonhado, a paz é tua, deixo contigo uma coisa que durante toda o resto de sua vida terás que usar e todos iram perceber que tu foste uma filha muitíssimo amada pelo pai, Te entrego sabedoria, não para usares em proveito próprio más para que possas ajudar as pessoas com as palavras que tenho lhe ofertado, ouvirão a ti e nunca irás engrandecer-te pois tudo o que tens é dado por Deus, vai segue teu caminho em paz , porque a paz é contigo desde o dia em que tua mãe te concebeu...

segunda-feira, março 31, 2008

Inconsequência


Maria era casada com uma pessoa que havia conhecido em sua cidade natal, ela engravidou ainda solteira e não amava seu marido ele era um homem trabalhador e mantinha sua família ao menos era o que a mãe de Maria dizia à ela antes do casamento, de fato casório aconteceu e foram morar em outra cidade em outro estado.
O primeiro filho de Maria nasceu na mesma cidade em que seus pais sairam de lá quando a criança ainda era bem pequena, Maria se surpreedeu pois o seu Romeu não gostava muito de trabalhar e Maria deu à luz a cinco filhos no decorrer de seis anos em média .Ela não o amava e tentava tomar antíconcepcional más ele não aceitava...
A mãe de Maria havia já algum tempo morava com eles e ajudava a manter as crianças, muitas coisas não havia naquele lar faltava de tudo e principalmente o amor.A avó teve até que sair para pedir esmola para ajudar no sustento dos netos que tanto amava, ela sentia -se culpada por ter defendido o genro e agora ver que ele não é trabalhador como mostrara no passado. Maria ainda era jovem e não sabe-se porque ela se encantou com o seu vizinho casado e que era violento com a esposa, ela se encontrava com ele as escondidas e ainda levava sempre um de seus filhos consigo quando Romeu saia para fazer algum bico.
Ela estava conhecendo agora o amor seu amante era de uma grosseria que ela se ancantava pois ele dava à ela muito carinho e sempre dizia as coisas que ela jamais ouvira de seu marido, estava vivendo um amor proibido e maravilhoso , se o marido os pegasse ela assumiria aquele amor que só lhe fazia suspirar esqueceu-se da honra que seus pais lhe passou , nada mais importava porque estava amando...
Passado alguns meses quando Romeu chegou de um bico no final da tarde a casa estava silênciosa e não havia ninguém em seu interior, ficou atordoado pensando mil coisas saindo a procura de um bilhete que pudesse explicar o que estava acontecendo alí, a noite chegou e percebeu que havia sido abandonado por sua família, agora se dirige aos vizinhos procurando por notícias da mulher edos filhos é quando uma pessoa diz que daquela casa tinha saído uma mudança na parte da manhã, ele quiz saber a que horas aquilo aconteceu e disseram -lhe que lá pelas dez horas da manhã, ele não estava entendendo o que se passava e por que ?Para onde foram e onde as procurar?

A noite chegou fria e solitária, veio a madrugada e nenhuma de suas perguntas haviam sido respondidas...Amanheceu e feito barata tonta ele não sabe se procura a polícia ou se deve sair sem rumo...

Passado alguns dias descobriu que seu vizinho da casa ao lado não estava mais por alí, foi quando uma pessoa que não sabia que ele era o marido abandonado comentou de como a mulher havia largado sua casa e seu marido para fugir com o vizinho e que aquilo era muito feio. Ele ouviu aquilo e não podia acreditar seus ouvidos não estavam funcionando direito, teria que saber se era verdade tudo aquilo e para sua infelicidade a verdade estava alí todo o tempo e só o corno não viu. Como sofreu com a ausência de seus filhos e se sentiu o pior dos homens , sentiu-se muito humilhado e se odiava por em seu coração abrigar aquela ingrata queria tirá-la de dentro de sí e não sabia como.

Durante muitotempo procurou sua família sem sucesso até que teve a ajudade sua sogra que não concordava com o que sua filha fez, a avó havia se casado com um senhor que a levara para morar em outro bairro antes de sua filha realizar a fuga. Durante alguns anos Maria conversava com a mãe dizendo que queria se separar de Romeu e sua mãe çhe dava conselhos para que esperasse um pouco mais e a cada espera era um filho que nascia e nada mudava.

Romeu amava muito seus filhos nunca deu sequer um tapa em nenhum deles, porém o padrasto só o que sabia fazer era agredir a todos , por qualquer motivo e sem motivo nenhum, agora Maria conhecia a dor fisíca e ainda assim amava aquele seu carrasco e o agressor de seus filhos que nunca pediram para que voltasse para a casa de Romeu. Sofreram e comeram o pão que o diabo amassou com os pés.

O tempo foi passando e as crianças vendo a mãe sofrer violência e as mesmas também passando por estas humilhações queriam dar um basta em tudo más como?

Chegou a um ponto que decidiram que o melhor seria que todos fugissem enquanto o carrasco estava preso na delegacia sabiam que ele só passaria uma noite lá, a mãe ficou meio confusa más se ela não fosse iriam sem ela...

Conheceram a liberdade e não souberam muito como lidar com ela, passaram por outros anos de sofrimento e cada um tem a sua mágoa trancada no fundo do peito, hoje o filho mais velho tem quase cinquenta anos e o mais novo beira os trinta e nove, tornaram-se adultos e as vezes sentem-se desprotegidos mesmo que no decorrer da vida se apegaram muito uns nos outros. Tudo acabou aparentemente ,más quem pode devolver tudo o que não foi vivido por estas pessoas?

O padrasto morreu doze anos depois de ser abandonado, Romeu morreu de tanta tristeza com quase setenta anos e passou a vida toda sem trabalhar só fazendo um bico aquí e outro lá. Maria ficou viúva duas vezes e nunca se disse arrependida por ter abandonado Romeu e ter levado seus filhos para dentro do inferno.

Os filhos deram assistência quando Romeu morreu e até foram ao seu sepultamento tendo o dever de cobrir todas as despesas com velório e tudo o mais, seu caçula teve que tomar todas as providências após a sua morte.

Seus filhos só lamentam nunca terem podido conhecer seu pai e saber do que gostava ou o que mais lhe fazia feliz, durante a vidasempre visitaram o pai e ele de vez em quando fazia o mesmo ,más não dá para negar que faltou o convivio e a proteção paterna, tudo agora acabou, é não tem volta e tudo por inconsequência de alguém ,más de quem?

domingo, março 30, 2008

"EU"

"Eu sou a que no mundo anda perdida, Eu sou a que na vida não tem norte,Sou a irmã do Sonho, e desta sorte Sou a crucificada... a dolorida...
Sombra de névoa ténue e esvaecida, E que o destino amargo, triste e forte, Impele brutalmente para a morte! Alma de luto sempre incompreendida!...
Sou aquela que passa e ninguém vê... Sou a que chamam triste sem o ser... Sou a que chora sem saber porquê...
Sou talvez a visão que Alguém sonhou, Alguém que veio ao mundo pra me ver E que nunca na vida me encontrou!"




(Florbela Espanca in Livro de Mágoas(1919)

sábado, março 29, 2008

sexta-feira, março 28, 2008

Um sonho de mulher




Ser amigo pra que ?se podemos ser muito mais que isso quero te só minha nas noites de inverno, venhas estarei esperando em meus lençóis de fios macios onde mistura tecido com sua pele.



quero sentir seu corpo junto do meu e dividiremos gotas de um mesmo suor, a junção de nossos corpos me faz lembrar a primeira noite em que te ví, você estava linda e seus cabelos negros me encantou parecia que dançavam pra mim de fato estavam fazendo festa.



Não imaginei que sua presença seria meu próprio ar sem você eu não sou nada, quero ter você em minha vida por tempo indeterminado tudo é apenas eu e você, nossa história terá um final feliz todos os dias, farei com que seja a mulher mais realizada que já passou em minha vida.



A lua brinca de esconder quando você aparece e seu brilho é muito intenso...Quero falar e as palavras não saem de minha boca estou extasiado com tamanha beleza, poxa Deus eu não sei se mereço essa garota que me fez cair de quatro, morena de pele bronzeada,boca carnuda e nariz afilado mulher você é uma imagem que eu criei em minha mente?



Dança minha flor, pode começar e ficarei aquí só apreciando e sentindo o perfume que seu corpo exala...Juntos faremos nascer uma onda de suor que vai descer por seu ventre e diminuindo até formar uma gotícula que cairá num poço de emoções ,misturadas a minha e a tua explodiremos de tanta felicidade minha saliva quente funde-se a sua que ferve selando nossas vidas num momento que só o silêncio impera, o resto e´tudo incerto sem nenhuma importância tudo se resume em dois corpos, um momento e alguns minutos duram uma eternidade que dura o tempo



necessário para encerrar a euforia com bocas se procurando e realizando a mágica do encontro e acontece o verdadeiro beijo, simples, terno e doce.

Ela teve inveja uma vez na vida


A moça da qual me refiro na postagem abaixo, tendo passado em média um ano do ocorrido ela se depara com um sentimento novo para sua surpresa sua cunhada vinha com a notícia de que estava grávida e aquilo lhe feriu como um punhal, ela ficou meio sem jeito e teve um sentimento que para ela era novo sentiu raiva e porque não dizer que ela sentiu um gosto amargo em sua boca.

Sabia que teria que conviver com aquilo para sempre ou seja com seu pecado, teria que arrastar por toda sua existência o peso daquela culpa, teria que arrastar-se vida afora com esta ação que lhe doía a cada vez que pensava que parte de sí por autorização sua lhe haviam tirado a vida.

Com o passar dos meses ela contava com que idade seu amorzinho estaria e as lágrimas sempre lhe banhavam o rosto ela sentia que estava ainda sonhando um sonho que não tinha fim e nem um final feliz.

Ao presenciar o crescimento da barriga da cunhada ela até aceitava bem, porém quando o assunto era a criança que estava por vir ela não se sentia a vontade e sempre que podia se afastava era como se as pessoas a culpassem o tempo todo,isso é o que ela sentia más as pessoas não tocavam em nenhum assunto deste tipo em sua presença.

Na realidade se sentia como se alguém a punisse todo o tempo e até a cunhada será que precisava ficar grávida nesta época? pensava ela com ar de inveja e as lágrimas corriam em desespero pelo seu rosto ,sentia seu coração vazio e queria tanto ter dado amor, amamentado, feito carinho em seus pézinhos miudos queria ter encostado seu rosto em seu rostinho macio e quente ter agradecido à Deus por ter colocado um bem tão precioso em seus braços...queria ter comparado um filho e outro os traços de quem seriam? será que se pareceriam ou teriam o mesmo humor? -Nunca saberá terá que conviver com a ilusão de um dia chegar onde esta seu presente que lhe foi dado por Deus e rejeitado por todos e dizer-lhe apenas "meu amor eu sempre te amei e jamais me esquecí de você".

Vai lhe pedir perdão e abraçá-lo com tanta força que o desejo é de nunca se separar, ficar assim daquele jeito para todo o sempre. Ela sabe que agora sim poderá ser feliz tendo junto de sí aquele que sempre carregou dentro de seu coração, ele não precisa dizer nada pois sempre soube o quanto sua mãe o amava e sofria com sua ausência em sua vida.

Quando nasceu seu sobrinho ela o pegou no colo e sentiu muito amor por ele, más nunca se deixou apegar demais acho que era uma espécie de auto defesa, Um dia vai pedir desculpas a sua cunhada por ter sentido inveja de ver uma vida crescendo dentro dela e saber que todos ficariam muito felizes com o nascimento e foi de fato ,o filho dela trouxe consigo muitas alegrias e um novo recomeço para todos, trouxe a vida e mostrou que tudo depende de como aceitamos o que é nos dado e usaremos isto para sermos mais felizes, sabendo que a vida trará novas provações e cabe a cada um lidar da melhor maneira com seus problemas, cada um dá um tamanho a sua cruz e o peso dela talvéz não seja tão impossível de suportar se tem ao lado pessoas com as quais você poderá contar sempre para te ajudar com palavras de incentivo a suportar o peso da caminhada.

A moça teve outro filho quase seis anos depois e por mais incrível que pareça nasceu no mesmo mês em que teria nascido o outro, ela achava que tendo uma outra criança para amar e cuidar fecharia o buraco vazio que havia em sua vida, más percebeu que um filho jamais poderá ser substituido por outro. Seus filhos não sabem desta história más com certeza irá contar-lhes um dia e dizer o quanto ama seus três filhos embora ela sempre o diga, eles são a razão de seu viver

e acredito que por ter se arrependido Deus lhe concedeu uma nova chance de tentar tirar um pouco da dor que aquela mãe carregava e talvéz ainda carregue só com menos peso eu acredito que sua felicidade seria realmente completa se todos os filhotes estivessem protegidos por suas asas e que nenhum tivesse se perdido ao longo do caminho, que não pode se voltar para trás mais deve-se seguir em frente com a cabeça erguida e por fim dizer: "-Quem nunca pecou que atire a primeira pedra".

quinta-feira, março 27, 2008

Ser forte e lutar pelo que se quer e os outros que se danem



A moça ainda jovem com seus vinte e poucos anos já era mãe havia dado a luz a alguns meses, era casada com uma pessoa que aprendeu a amar mais e mais a cada dia.



Porém o destino a traiu ela mesmo com esta idade era como uma criança meiga e sonhadora, quando deu a luz ao invéz de se comunicar com seu médico e tirar suas dúvidas ela sendo muito tímida não o fez apenas pediu ao médico que lhe prescrevesse antí concepcional o dr Luíz lhe perguntou se tinha preferência ela disse que o que ele indicasse seria o que usaria, ele lhe prescreveu Depoprovera a cada três mezes tomaria três ampolas e ela o fez, levando a receita na farmácia onde sempre comprava suas coisas deu a receita para o rapaz e foi a injeção...

Três meses depois lá estava ela novamente e novamente recebeu a injeção e iria aproveitar para passar em seu médico ja que estava alí tão pertinho...O médico lhe perguntou se havia tomado suas injeções ela disse que sim ele pediu a receita, ela disse que o rapaz da farmácia havia lhe dito que era um absurdo tomar tanto remédio assim ...ela disse que o rapaz lhe deu Depomedrol e queria saber o que estava acontecendo? O médico lhe mostrou o que havia prescrito ela então
começou a chorar e disse então eu poderia ter engravidado não é?
O dr luiz disse que já poderia estar. O pânico tomou conta dela más enfim isso é aceitável quando se é casada pensou ela e foi providenciar os exames que o médico pediu.
Quando sairam os resultados ela ficou normal más seu marido disse que teria que se virar pois não tinham condições de terem mais uma criança naquele momento, ela ficou decepcionada com a atitude daquela pessoa a quem havia jurado para Deus estar ao seu lado na saúde e na doença, na alegria e na tristeza...Agora esta pessoa lhe dá uma ordem ela fica sem chão e não desabafa com ninguém não se conforma com o que vai fazer só sabe que terá que fazer...
Sua timídez a fez seguir conselhos de amigas que diziam a ela que quando se toma injeção a mulher não menstrua e a boba acreditou, nem imaginava que estava tomando a medicação errada agora era tarde demais, más ela amava a criança que havia dentro dela e não queria nem pensar em um aborto e afinal sempre foi contra.
Foi até o rapaz que havia lhe aplicado as injeções contou-lhe o ocorrido e queria sua ajuda...ele de imediato se defendeu dizendo que a letra do médico era ilegível e que a culpa não foi sua, afinal de que adiantava saber de quem era a culpa se era ela que estava alí prestes a deixar que tirassem de sí uma pessoinha que ela amava tanto e não tinha motivos para ser assassinada.
Quando o rapaz lhe aplicou a injeção que era abortiva ela fez um gesto infantil cruzou os dedos e disse :-Deus não permita que esta criança saia de dentro de mim.
Disse isso com uma fé que ela acreditava iria ser ouvida pelo pai ,que em seu trono conhecia seu coração logo após o rapaz terminar disse a ela que deveria chegar em casa e tomar mais dois comprimidos pois ele já havia dado a ela dois comprimidos para que tomasse alí, ao chegar em sua casa ela fez como o rapaz orientou...Aquela noite ela sofreu como cão que não sabe falar ela poderia falar se tivesse em quem confiar, aquela noite seu bebê que dormia não deu nenhum tipo de resmungo nem para mamar ele parecia sentir o que estava acontecendo com o outro bebê e deve ter sentido medo de ser excluído da vida de seus pais, como estava sendo o seu irmão.
O marido chegou tarde ,ela estava sofrendo as contrações ,fez um gesto que como a pedir perdão ao filho em seu ventre, pegou a mão do pai e levou até sua barriga e disse em seu coração para o seu filhinho"papai te ama viu ele só está muito confuso ele na verdade não deseja te perder como eu também não quero, você é meu bebêzinho que só quer viver ..."e as suas dores continuaram até o amanhecer, entre uma contração e outra ela fez seu marido prometer que nunca mais a pediria para tomar tal atitude ele assim o fez. Pois presenciou o sofrimento maldito da mulher que amava, se ele se arrependeu pelo menos nunca disse à ela, nunca.

terça-feira, março 25, 2008

Por eles eu morreria

Hoje levantei com a mais bela visão do mundo acordei" meus filhos" e ví o mais velho sair depois de tomar seu café,más ele foi acompanhado como sempre...ele foi com Deus.
Quão linda é a natureza e suas criações Senti um amor bonito pela pequena ave que pousou


em meu quintal, tão pequena e tão forte ao descer e subir em seus


vôos rápidos as vezes sinto-me como os passáros, ter todo


o tempo para voar e visitar meus amores queridos


chegar bem pertinho da janela de minha mãe contemplá-la e sair


de mansinho batendo minhas asas...Ir até a escola e feito um beija-flor sentir seu perfume e dar-lhe um beijo carinhoso e sussurar em seu ouvido"mamãe te ama" para não atrapalhar sua concentração.


Chego perto da janela do ônibus fretado quando ele parar perto de alguma àrvore


e sinto muito orgulho da pessoa que alí vejo e me vem uma emoção tão boa que as lágrimas rolam e nem percebo, apenas sinto molhar minhas penas e meus olhos continuam naquele ser que um dia esteve aquí bem guardado e protegido das maldades do mundo, eu o carreguei dentro de mim este filhote lindo, queria poder protegê-lo mais... porém o mundo tem que ensinar e tudo o que podia eu já fiz agora é com ele. Eu sou muito feliz porque sou mãe.


Olho ao meu redor e agradeço por ter mais uma manhã ensolarada em minha vida sei que ao findar o dia minha opinião poderá ter mudado más o importante é viver e pensar no agora


pois mais tarde tudo pode mudar ou não!


As formigas que coisa linda andando em carreiras como que indo todas à escola


é uma visão harmônica que meus olhos registram, lá fora faz silêncio um silêncio que as vezes


incomoda por não haver uma dança constante de sonoros cantos de natureza, as vezes se ouve uma ave ao longe cantando, um ruído sonoro entra por meus ouvidos é um som de várias misturas que não sei se é rap ou se é fhank mais sei com certeza que meus ouvidos reclamam por algo mais familiar, sempre digo que o jovem tem o seu tempo como eu tive o meu, tudo faz parte de um momento só deles e faz parte de uma história que ainda está sendo escrita por cada um deles é muito bonita a juventude só é pena que passa tão rápidamente e quando se dá conta o jovem já é um chefe de família com responsabilidades e tudo o mais, nem sempre está pronto para o que a vida lhe põe a frente...


Se houvesse outro caminho eu seguiria o da minha intuição que hoje vejo que poderia ter me conduzido por outros caminhos não melhores más talvéz que me fizessem viver a vida com mais


intensidade, não me atendo a isso ou aquilo por causa dessa ou daquela pessoa, eu iria seguir por caminhos que me levassem de fato ao caminho da verdadeira felicidade mesmo que eu quebrasse a cara seria um direito meu, porque minha juventude passou e vejo que deixei muitas coisas para tráz que nunca mais irei recuperá-las ,agora sou mulher e mãe entendo os jovens e sempre que posso conto um pouco do que fui e se em alguns momentos eu tive a certeza de que não era feliz , de fato eu não sabia ainda lidar com as minhas emoções hoje digo com certeza que eu era feliz e não sabia...

quinta-feira, março 20, 2008

Queira me deixar por favor...

Eu descobri você há alguns anos atrás e confesso não fiquei nem um pouco feliz ao saber que você era parte de mim. Antes de saber de sua existência minha vida era normal eu corria , pulava, dançava enfim eu vivia uma vida normal.
Tudo mudou quando você apareceu e me fez sofrer muito , foi muitas horas de sofrimento e gemidos, quando fazia algum movimento eu gritava era como se uma brasa acesa estivesse em minhas entranhas, mas passado alguns instantes era só alegria pois você me deixava respirar mais tranquila mesmo sabendo que quando tivesse vontade se apossaria de mim novamente.
Antes de você partir sempre me fazia sofrer muito , aliás quando aparecia é que eu sofria mais e saber que seria o causador de minhas dores, noites e mais noites passamos juntos e jamais chegamos a um acordo é que você sempre quer ser o centro das atenções, quando enfim resolve partir , meu Deus, como mexe comigo eu fico implorando para que vá embora logo ou que fique, porém que fique com tranquilidade...
Todas as vezes que brigamos eu choro muito porque quero te ver bem longe de mim e você, sempre dentro de mim, quando percebe que não pode mais habitar em meu ser nossa luta é muito dura e se estende por noite afora, até que perdendo as forças você se rende e resolve finalmente me deixar...E não imagina a minha felicidade, pode ir vá embora...com todas as suas farpas que só me fizeram sofrer, por favor não volte mais eu juro que não sentirei sua falta mesmo sabendo que eu te ajudei em seu crescimento mesmo assim podes ir, eu te libero e sempre que você aparecer eu vou te maldizer porque eu quero viver sem você viu?
Quando apareces me deixa sem ar, meio abobada sem saber por onde ir e quem procurar más quando resolve ir embora eu festejo após sua partida, maldito eu te odeio pelo que me fez...
Sei que em breve vais retornar e estarei aquí pronta para te dar um "até breve" porque ninguém merece ter um maldito CÁUCULO RENAL te fazendo companhia vida afora...

sábado, março 15, 2008

LONAS AZUIS

No caminho da sorte, a alma perdi Dei um beijo na morte e sobrevivi Mas perdi o meu medo, A viver aprendi Fiz do mundo o meu palco, do sol minha luz Pra fazer meu circo usei minha cruz De um pedaço do céu, fiz as lonas azuis. Do céu eu fiz as lonas azuis Do céu eu fiz as lonas azuis. Aprendi que nem sempre é feliz quem procura Que a vida mais fácil também é a mais dura Que a estrada mais curta é também mais escura. Aprendi na descida, mais forças ganhar Pra chegar na subida e não desanimar Sou da vida um artista, ganhei meu lugar.

" Meus 40 Anos "

Estacionei a minha idade nos 40 anos 10 anos se passaram e eu continuo com 40 anos Vou morrer dizendo que tenho 40 anos Vou mandar colocar no tumulo que morri com 40 anos A idade é minha, faço dela o que quiser! Ninguém tem o direito de violar Os meus sagrados direitos De desviar do meu caminho Excesso de anos dispensáveis! Eu tenho 40, 20, trinta Qualquer idade que me vier na telha Sou como mulher enluarada Eu tenho a idade das sombracelhas! Não falo a minha idade Para o papa e nem pro sacristão Nem pra libertar meus pecados Na hora da extrema unção! Quem inventou a idade foi o anjo caído Para dividir as gerações Apoiado pelos tiranos da antiguidade Para saciar a fome dos leões! A idade deveria ser uma senha Protegida por outra senha Que nós esquecemos De memorizar A idade é o segredo das rugas O iniciático mistério do reumatismo Que faz gritar o poeta Um canto angustiado de lirismo! Que doam os ossos! Que salpiquem as artérias! Sou um poema sem identidade, Na primavera da eternidade!
Joao das Flores
Publicado no Recanto das Letras em 26/01/

sexta-feira, março 14, 2008

AMAR É...

Amar! É quando não dá mais Prá disfarçar Tudo muda de valor Tudo faz lembrar você Amar!É a lua ser a luz Do seu olhar Luz que debruçou em mim Prata que caiu no mar...Suspirar sem perceber Respirar o ar que é você Acordar sorrindo Ter o dia todo prá te ver...O amor é um furacão Surge no coração Sem ter licença prá entrar Tempestade de desejos Um eclipse no final De um beijo O amor é estação É inverno, é verão É como um raio de sol Que aquece, tira o medo De enfrentar os riscos Se entregar...Amar! É envelhecer querendo Te abraçar Dedilhar num violão A canção prá te ninar...Suspirar sem perceber Respirar o ar que é você Acordar sorrindo Ter o dia todo prá te ver...O amor é um furacão Surge no coração Sem ter licença prá entrar Tempestade de desejos Um eclipse no final De um beijo O amor é estação É inverno, é verão É como um raio de sol Que aquece, tira o medo De enfrentar os riscos Se entregar Uh! Uh!...(2x)

"A AMIZADE"

Já escutei e li tantas coisas sobre o que é um amigo... E hoje parei pra pensar... Será que sou sua amiga como penso ser? Às vezes dentro da gente existe a certeza do que a gente seria capaz de fazer por alguém que a gente gosta Mas será que esse alguém sabe realmente disso? Será que você sabe até onde pode confiar em mim e o tudo que eu seria capaz de fazer se fosse preciso? Algumas vezes demora um pouquinho até se descobrir que determinada pessoa é única mas quando se percebe isso... a gente corre pra junto dela ... pra contar alguma coisa muito boa que se viu ou o que a gente tá sentindo... para rir junto do que se achou engraçado, e quando se está triste é junto dessa pessoa que se quer ficar apenas por segurança.. pra se sentir querida, pra se ter certeza que alguém gosta mesmo da gente. E mesmo calado, quietinho. o coração da gente diz baixinho... Obrigado por ser meu amigo!

DEFICIÊNCIA

Deficiente é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, Sem ter consciência de que é dono do seu destino. Louco é quem não procura ser feliz com o que possui. Cego é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria. E só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores. Surdo é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês. Mudo é aquele que não consegue falar o que sente E se esconde por trás da máscara da hipocrisia. Paralítico é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda. Diabético é quem não consegue ser doce. Anão é quem não sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, Pois miseráveis são todos que não conseguem falar com Deus.

segunda-feira, março 10, 2008

O abacateiro

Paulino
Digo....
Havia no meu quintal um abacateiro que produzia pouquíssimos frutos. Por acreditar que uma árvore frutífera precisa ser produtiva, pedi a Deus que abençoasse aquele abacateiro permitindo-lhe frutificar bastante.A florada aconteceu e o abacateiro se encheu de centenas de frutinhos. Quando eles já estavam grandes, para surpresa minha, o galho central, com 69 abacates, quebrou.Um outro galho também, por não suportar o peso, acabou caindo, levando tantos outros frutos.Fiquei perplexo! Deus havia permitido que o abacateiro ficasse recheado de frutos e logo depois quebrasse, sem que eu os aproveitasse.Por quê?A resposta veio logo. Nem sempre temos estrutura para suportar o tamanho da bênção que pedimos a Deus. Por isso, muitas vezes precisamos esperar algum tempo para recebê-la.


Pe Helder/ texto copiado da página de
meu amigo e poeta Paulino Vergetti

quinta-feira, março 06, 2008

Deus já cuida de mim ... não preciso que você o faça

Sou como o vento que bate nas pedras e nem um grão de areia se move, sou como o ar quente de uma tarde de verão que por mais que o puxe para os pulmões ele entra quente quase que sulfocando. Tenho minhas qualidades e meus defeitos são muitos eu jamais negaria isso pois nunca tive a pretensão de ser perfeita más eu não gosto que fiquem jogando piadinhas ao vento sobre a minha pessoa, do que faço ou deixo de fazer em minha vida , apesar de não fazer nada de mais, percebo que as pessoas estão sempre querendo que eu cometa algum deslize para que possa usar isso contra mim, eu não tenho que me policiar todo o tempo porque sou uma pessoa que pensa por conta própria e que só aceita opiniões quando solicita , talvéz eu seja uma pessoa muito chata admito más isso não dá o direito de se meterem em minha vida e nem do que faço dela . Acho engraçado é que quando cuidam de mim que tenho quase quarenta anos não se lembram que eu SEI caminhar sozinha sem as pernas de ninguém. E graças a Deus por isso imagine eu tendo que usar as pernas de outra pessoa ... rsrsrsrrsrsrsrrs .
Faz muito tempo que deixei bem claro para quem quiser que não aceito intromissões em minha vida e parece que vira e mexe eu tenho que levantar esta questão como um LEMBRETE , queria mesmo é poder gritar para estas pessoas que EU SOU DONA DO MEU NARIZ e frizar que Deus deu uma vida para cada pessoa para que cada um tomasse conta dela e não da vida dos outros , quando sinto dores , tenho problemas de soluções difíceis não vejo as pessoas vindo ao meu encontro e pedindo minhas contas para que elas possam quitá-las, o povo é muito cruel acho que vou começar a ser grossa e mostrar que na minha vida está tudo ok, enquanto que na vida de quem cuida de mim está como sempre esteve uma M... Chego a seguinte conclusão de que a pessoa foge de seus problemas tentando resolver os meus sem que eu a tenha autorizado para isso.
Não sei se devo sentir pena ,porque tem coisas que as pessoas não sabem que acontece dentro de sua família ou mesmo dentro da sua casa e repito tudo isso porque cuida muito do rabo do outro macaco e as vezes acaba perdendo o próprio rabo por falta de cuidado com sigo mesmo ou com os seus. Tenho vontade de "vomitar " tantas coisas e não posso porque não iria ser bom pra nínguém e muito menos pra mim eu estaria espondo pessoas que amo e que um dia mesmo sendo da família , é...vou poder dizer "eu sei" sempre tive vontade de ajudar nas suas dúvidas e te ajudar a te entender melhor más não fiz isso para não me meter ,pois você tinha as melhores pessoas para te orientar mesmo que elas próprias não estivessem preparadas para isto, na vida tudo é uma questão de paciência , devagar tudo se ajeita e sei que na vida dsta pessoa tudo será um dia apenas rosas , agora ela se esconde em meio aos espinhos , quando os seus pararem de cuidar dos outros e "olhar" melhor para o que acontece dentro do seu lar , neste dia todos seremos muito mais felizes pois seremos libertos de muitas mentiras e outras máscaras também iram cair ...Não vou me sentir vingada porque trata-se do destino de alguém muito especial que eu amo e gostaria de poder ajudar , e dizer que o mundo quer que sejamos como produto de linha de montagem só que as vezes as peças saem com algum defeito pequenino ou não e mesmo assim é vizível aos olhos do mundo. Tudo poderia ser diferente desde há muito tempo e agora seria com certeza muito mais fácil lidar com certas situações.
Vou cuidar da minha vida e se um dia a minha opinião for solicitada eu me conheço , vou soltar tudo que tenho direito e dizer que houve por parte destas pessoas tanta preoculpação comigo e se esqueceram de cuidar do que realmente era dever deles, espero não ser tarde demais para reparar e tentar juntar os possíveis cacos que a vida foi deixando em seu longo caminho, desejo que tudo possa ser renovado e que não haja mais nada trincado dentro de cada um de nós, resolvido tudo vai haver muita paz e respeito e com certeza servirá de exemplo para outros que viram no futuro ,acreditando que é possível estar perto sem invadir o espaço um do outro, é certo dar conselho sem obrigar que seja aceito, é bom viver em um mundo onde há o diferente para dar quem sabe mais brilho à VIDA...

quarta-feira, março 05, 2008

SOU POETA SIM !

Paulino Vergetti Sou poeta, sim,viciado nas palavras do mundo,nas frases dos meus silêncios na vida dos meus versos.Há dias em que as palavras fogem e uma tristeza mora.Há dias em que meus versos chegam,noutros vão embora,fogem de mim,vão e voltam como se tivessem asas de saudade.Sou poeta, sim.Para cuidar de mim,dá-me a poesia dá-me a alma!

domingo, março 02, 2008

Por que chora poeta? Por que chora? aut:nadir vilela/int:jeronimo> recantodasletras.uol.com.br

POR QUE CHORA POETA?

que chora poeta?Por que chora?Porque vejo no seu rosto tanta dor,Se você nos encanta e fascina,Com seus poemas, seus versos de amor...Por que chora poeta?Por que chora?Oh!!! Meu amigo...Eu não choro por mim,É pelo mundo que eu vejo padecer...É pelos velhos nos asilos abandonados,Trancafiados sem amor...Como coisas do passado...É pelas crianças...Os filhos do acaso,Que estão jogadas como lixo nas calçadas,E pela dor de uma mãe que chora sem consolo,Vendo seu filho sendo levado ao matadouro,Pra lutar em uma guerra,por motivos tão tolos...Em cada canto deste mundo insensato,Eu vejo lágrimas, lamentos e dor...Eu choro, por que no mundo eu não vejoO amor que tanto sonho e desejo...Eu sei...Que pra mim, tenho tudo que sonhei,E ao meu lado o amor que desejei...Mas isso é pouco, meu coração ta ferido,É uma dor que não consigo controlar...Pois, o poeta tem na alma a dor do mundo:E a felicidade fica difícil de conquistar,Pois não depende do que acontece comigo,A humanidade está em primeiro lugar...Este é o fardo que sangra minha alma,Dentro de mim a dor do mundo vem,Clamo a Deus, até peço uma saída,E meus versos, minhas lágrimas contêm...


(direitos autorais reservados)Em 28-03-2007 Brasil-Itatiaia-Penedo-RJhttp://nadirvilela.multiply.com/journal/item/533
CHORAM AS ROSAS
http://br.youtube.com/watch?v=Ar5txochCGU
http://br.youtube.com/watch?v=Hv0azq9GF_g&feature=related

KATE BUSCH
http://br.youtube.com/watch?v=BcGGddyFi24&feature=related

Uma história de amor e luta VIdeo do padre Léo

http://br.youtube.com/watch?v=iLItMWB5f9Y

Na vida sempre estão passando pessoas que deixam suas marcas para que quando vierem os momentos de luta tenhamos como exemplo estas pessoas que passaram pela vida e deixaram suas marcas, em nossos corações. Sou como a formiga quero carregar para dentro do meu formigueiro tudo aquilo que eu vá de fato usar, um dia quem sabe meu formigueiro terá a honra de receber todas as folhinhas que ao longo da vida deixei cair por falta de forças de prosseguir tentando enfrentar meus maiores medos, dispersa nem percebi as folhas que deixava cair ao longo do caminho ,quando olhei para tráz era muito tarde para refazer o caminho, deixei tudo e prosseguí seguindo meu caminho... hoje sei que deveria ter voltado e resgatado parteda minha vida.

Alô meu DEUS senti saudades suas...

Amo Andrea Bocceli

http://br.youtube.com/watch?v=Sp0ccQVy1og

Quando assisto este vídeo , sinto que Deus é muito sabio , o cantor é deficiente visual e canta como um passarinho sem fazer nenhum esforço e ainda tem o poder de nos emocionar com seu lindo dom...

sábado, março 01, 2008

A vizinha do sobrado [trio esperança]

Eu vi meu bem, outro diaFalando com a vizinha do sobrado...Fiquei logo pensando, enciumada,Que ele estava, desta vez,Apaixonado...Levei o caso aos amigos,Mas tudo lhe chegou aos ouvidos...E ele veio, então, muito zangado,E disse que por culpa minha Estava tudo acabado...Só então eu pude verComo ele andava triste, coitado...Por eu não ter nele confiado,E o perdão fui lhe pedir assim...Ó, meu amor, não fique assim,Senão eu vou chorar...Se algum mal eu lhe fiz,Você deve me perdoar...Não consigo pensar Em longe de você ficar...Ó, meu benzinho,Não pense nunca, nunca Em me deixar...

Quando ela chega...

Adolecência que idade difícil eles não são crianças e também não são adultos e vivem em meio às duvídas que só quando tudo isso passar é que iram entender o porque de muitas coisas.
Haja paciência !Eu não me lembro de ter sido tão teimosa e nem tão cheia de razão como o que tenho presenciado por aí, que sasudade de quando meus bebês ainda eram de verdade meus ...hoje são do mundo percebo que orientei eduquei e agora tenho que soltar os passarinhos da gaiola e será que eles estão preparados para receberem o mundo? E o mundo como os receberá me dá uma dorzinha na barriga aquela que dá quando estamos com medo.
Sei que não vai adiantar tudo que eu lhes falar pois o mundo ensina eu só queria poupá-los das tristezas que o mundo nos reserva quando entramos nele com esta idade tão despreparados ...
Amizades será que meus filhos estão sabendo escolher bons amigos?Será que eu lhes dei a educação certa?
só sei que dei tudo de mim e tenho que esperar pois o tempo mostrará se fiz certo ou se errei, bom eu acredito em instinto e sei que usei o meu até o último momento, quero que meus filhos possam ter guardado os mandamentos de Deus em seus corações se o fizeram eu com certeza já me dou por satisfeita.
Eu os amo de uma maneira que não consigo expressar, são o ar que respiro ,são as minhas alegrias, os meus tesouros não sei se algum dia haverá interesse da parte deles de virem este blog , más eu desejo que algum dia mesmo se eu não estiver mais aquí quero que leiam para seus filhos e que cuidem de suas crias com muito amor e coragem, é coragem mesmo de um dia ter que soltar aqueles a quem só se soube amar sem esperar nada em troca, a única coisa que os pais querem de seus filhos é que sejam realmente felizes com a pessoa que um dia iram casar ou dividir o mesmo teto.
Desejo que seja uma união de respeito , amor, cumplicidade, carinho, que sempre haja paz em seus lares e que a família se una cada vez mais com a chegada de quem vem sem ser esperado, mas que possam aprender a amar cada pequeno delhalhe de cada um e que a cada dia seja sempre um recomeço.
E comecei falando de adolescente vou findando com eles já na terceira idade rsrsrrs, eu viajo não posso negar...
A Bárbara está dormindo aqui no sofá , tão angelical com a boca meio aberta e o corpo meio desconfortável agora já é 1h 35min, me empolgo pensando em como será o amanhã eu mesma respondo que amanhã será um novo dia...